Top 5 medos quando criança: #2 Virar mendigo

#2 Virar mendigo. “Tá vendo aquele homem ali puxando uma carroça?”, “Qual?”, “Aquele barbudo horroroso”, “Tô vendo”, “Sabe por que ele está fazendo isso?”, “Puxando a carroça?”, “É”, “Por quê?”, “Porque não quis fazer o dever de casa quando estava na escola”, “Sério?”, “Sério, e se você não estudar vai ficar exatamente igual a ele quando estiver mais velho”, “Igual?”, “Igualzinho, com direito à sífilis e tudo mais.” Taí um medo que formou parte da minha personalidade. Desde muito pequeno me diziam que estudar evita puxar carroça, ser feio e barbudo. Acho que foi por isso que estudei até ter alguma certeza de que não seria mais um carroceiro. E, embora esse medo tenha ficado para trás (como todos os medos desse Top 5), até hoje me sinto na obrigação de estudar até o último grau da Academia. Vai que sucede algum azar inesperado. Por falar em permanência de medos, esse medo de virar mendigo está relacionado a outro ainda maior: o de ficar órfão. No entanto, o medo de perder os pais não entra nesse Top 5 exatamente por não ser exclusivo da infância, mas um medo que nos acompanha por toda a vida.

Eu mendigo
TwitterFacebookOrkutGoogle ReaderShare